Blog

Deserto do Atacama - Porque você precisa conhecer

O Deserto de Atacama é um dos destinos mais procurados do mundo. Com uma grande diversidade de atrações para desbravar e com cenários de tirar o fôlego, o local tem atraído viajantes do mundo todo, desde mochileiros, turistas e fotógrafos, até astrônomos e  pesquisadores.

Cada um vindo de um continente, por caminhos diferentes, mas com um objetivo em comum, conhecer um lugar diferente de tudo o que já viram antes. E isso o Atacama garante!

Céu mais estrelado do mundo - Deserto do Atacama

  • Céu mais estrelado do mundo 

Com a umidade mais baixa da Terra, o clima seco logo abre um vasto espaço para céu estrelado brilhar.

Quando você poder observar toda a via láctea tão claramente, irá ter aquela sensação de grandiosidade e questionará toda a existência. São momentos que você poderá perceber que não é muito maior que o grão de areia sob os seus pés.

A experiência se completa com o tour astronômico, onde aprenderemos mais sobre as estrelas, constelações e galáxias com o auxílio de um laser, e potentes telescópios. Uma experiência inesquecível, guiada por astrônomos do Atacama.

  • Arquitetura

As construções dos vilarejos do Atacama seguem um formato mais simples e orgânico, todas feitas de adobe. Uma técnica secular, com características bem artesanais.

Os tijolos são feitos de terra crua, muitas vezes misturada também com fibras naturais, palha e água. E assim são moldados e usados nas construções das casas, que seguem uma estrutura quadrada.

Por conta das Cordilheiras ao redor, é bem raro chover nas cidades ou no deserto, o que faz com que as casas tenham um maior tempo de durabilidade.

A arquitetura alaranjada se completa com o chão de terra e a vegetação seca  Você vai se sentir em um puro cenário de "Faroeste".

  • Geografia

O Deserto do Atacama está localizado ao norte do Chile, entre o Oceano Pacífico e a Cordilheira dos Andes. É considerado o mais alto e mais seco deserto do mundo, por ficar muito tempo sem chuva.

O relevo é bem diversificado, variando em altitudes que vão de montanhas e dunas, até erosões e vulcões. E o solo é composto basicamente por sal e areia.

Já o clima, é uma variação entre o sol quente diurno, e muito frio quando chega a noite. Os seus pontos de maior altitude podem vir a gerar alguns sintomas no corpo humano, como a respiração mais acelerada e difícil, assim como aumento da freqüência cardíaca.

O deserto também é cruzado pelo Trópico de Capricórnio, o mesmo que cruza boa parte do estado de São Paulo. Apesar das características similares de latitude, as condições climáticas são bem diferentes. 

  • Natureza 

Em geral, o deserto apresenta um terreno rochoso muito seco e pouco propício para brotar algumas plantas, mas mesmo assim, há alguma espécies que sabem como aproveitar desse clima. Como por exemplo a Brea e a Anhanhuca, que crescem normalmente ao longo dos vales e na região da pré cordilheira. 

Os cactos já são bem conhecidos e fazem um papel importante no cenário. A curiosidade fica em seu crescimento, que é em média de  1 cm por ano, além disso, eles guardam cerca de 1 litro de água no interior, e vivem aproximadamente 300 anos.

Há também muitas formas de vida no Atacama, algumas espécies de animais como as lhamas, alpacas, os flamingos, e as diversas espécies de aves. Há muita vida no deserto.

  • Lagunas

É estranho pensar que em meio ao deserto mais árido do mundo, podemos encontrar água, ou melhor, lagunas, que inclusive formam algumas das paisagens mais impressionantes do Atacama. Elas são verdadeiras aquarelas vivas, cheias de cores. 

Laguna Tebinquinche fica em um extenso vale, a querida morada dos flamingos. As suas águas dão origem em uma das poucas áreas onde se encontra gelo nas montanhas. 

Um cenário com vulcão, deserto, lagoa de sal e neve no mesmo lugar. E que fica ainda melhor ao pôr do sol, quando as cores dos elementos se misturam, formando uma maravilhosa paisagem em degradê.  

Laguna Cejar é de um tom de azul surpreendente, a sua composição é  80% de puro sal, o que faz com que você não consiga afundar, mesmo que você se esforce para isso. Flutua mais que no Mar Morto. É também uma das lagunas mais tranquilas para se chegar, por conta de sua altitude.

Laguna Miscanti e Miñiques são formadas pelo derramamento das águas subterrâneas, e se encontram a mais de 4.200 metros de altitude. Elas ficam bem próximas, umas das outras, a Miscanti é a maior, e seu formato lembra a um coração. E com uma pequena caminhada, se chega até a Miñiques, onde se encontra uma vegetação amarelada ao seu redor, que faz um lindo contraste com o tom das águas.

Laguna de Chaxa é de pouca profundidade, seu solo é bem plano, o que faz as águas refletirem as imagens das montanhas ao redor, e também, dos próprios flamingos e aves, que ficam em grande quantidade pela região. 

  • Salares

O desenvolvimento dos Salares dessa região, se dá pelo forte ressecamento que ocorre no deserto, pelo processo de evaporação das águas salinas subterrâneas, 

O Salar do Atacama é o maior da região, e o terceiro maior do mundo, com cerca de 100 km de extensão em planície, e está localizado na Reserva Nacional dos Flamingos. 

Devido aos ventos, que trazem uma grande quantidade de poeira, as camadas de sal acabam se transformando em tons de marrom. 

O Salar de Tara fica a 4.300 metros de altitude, e as suas características são únicas, há uma linda vegetação no local, que nos faz até esquecer por um momento que estamos em um deserto, assim como as belas montanhas ao redor, que criam uma paisagens surrealistas.

  • Vulcões

Se tem algo que o Atacama tem de sobra também, são os vulcões, com altura média superior a 5 mil metros do nível do mar. Em alguns desses vulcões, é possível chegar bem perto, ou até mesmo subir até o topo.

Dentre eles, temos:

- Lascar é o vulcão mais ativo ao norte do Chile, sendo possível observar de longe as fumacinhas saindo de dentro dele. É também, um dos que se pode subir até o topo, com seus 5.592 metros de altitude. 

- Cerro Toco é um dos mais antigos, e que está inativo nos dias de hoje. Ele se encontra ao leste do Atacama, e tem 5.604 metros de altitude. 

- Ojos del Salado é um estratovulcão, pois seu formato é em cone. Sua localização se encontra em uma região mais selvagem e mais alta do Chile, com 6893 metros de altitude.A origem do seu nome é pelo grande depósito de sal em seu entorno, formando a imagem de “olhos”.

- O Licancabur está localizado entre o Chile e Bolívia, e se torna uma paisagem de destaque vista do Salar do Atacama. Com seus 5.920 metros de altitude, é um vulcão de muito interesse antropológico e arqueológico, sendo que é possível encontrar vários registros incas em seus arredores. 

  • Gêiser

A formação dos Gêiseres se dá quando os rios quentes subterrâneos entram em contato com as rochas geladas, criando um certo choque térmico, que gera uma das principais atrações do deserto, as águas em ebulição que chegam a 7 metros de altura, e as colunas de fumaça branca. 

Uma curiosidade, é que o melhor momento para observar esse fenômeno é logo ao nascer do sol, quando ele chega em seu maior pico de atividade. Outra coisa, é que as suas águas são recolhidas por canaletas, e colocadas em uma piscina de pedras, onde poderemos se pode tomar um incrível banho termal.

Viaje com a Freeway

Ir ao Deserto de Atacama é uma experiência inesquecível, as paisagens e atrações são únicas, e de muita diversidade. 

Viajar com a Freeway para esse paraíso da Terra, é melhor ainda. Os os nossos passeios são realizados em grupos pequenos, com guias altamente qualificados e com um cuidado na escolha dos melhores horários para cada passeio. Confira aqui.

A nossa equipe dá assistência em tempo integral aos nossos clientes! Você está pronto para essa aventura? Então, agende sua saída!