Envie para o cliente voltar para o topo


A Geórgia é uma agradabilíssima surpresa. Com uma longa história e múltiplas influências culturais devido a invasões sucessivas de mongóis, otomanos, persas, russos e mais recentemente sendo descoberto por turistas e trekkers de todo o mundo, o país se encontra geográfica e culturalmente entre a Ásia e a Europa. A Geórgia foi o segundo país a adotar a religião cristã e suas igrejas e antigos monastérios são fascinantes. Sua capital, Tbilisi retrata muito bem esta mescla cultural com a parte antiga ao redor das fontes de águas termais e casas com lindas varandas ao lado de ousados projetos arquitetônicos super modernos.


Mas, é nas montanhas que mora a mais surpreendente beleza do país. Pradarias repletas de flores silvestres contrastando com montanhas nevadas impressionantes e cortadas por lindos riachos de montanha deslumbram a todos. 


Nosso trekking será em uma das regiões mais bonitas do país, Svaneti, que não só apresenta uma beleza natural impressionante como também vilarejos medievais com as famosas Torres Svan que eram usadas como defesa contra os inúmeros e diversos invasores. Tudo isso com a hospitalidade do povo local e de um dos mais famosos vinhos do planeta.


Caminharemos ao redor de 6 a 7 horas por dia percorrendo de 15 a 20 quilômetros por pequenas trilhas de montanha e nos hospedaremos em pequenas pousadas familiares onde também experimentaremos a culinária local.


Mas, segredos como este não duram muito...venha agora descobrir porque Geórgia é o destino da vez.

Roteiro voltar para o topo



  
 
 
INÍCIO EM TBILISI DIA 11 DE JUNHO DE 2019


Distância total percorrida – 113,5 quilômetros
Subida acumulada total – 6200 metros
Descida acumulada total – 5950 metros


 *Legenda: C=café da manhã; A=almoço; J=jantar; L=lanche  


1°Dia – Tbilisi
Chegada ao hotel Ibis ou similar (traslado não incluído). Restante do dia livre.

2°Dia – Tbilisi
Saída para visita aos pontos mais importantes desta linda cidade.

3°Dia – Viagem de 7 horas de Tbilisi a Etseri (1558 metros) (C, J)
Este vilarejo é completamente tradicional fora da rota normal de trekking e mantém seu modo de vida com pouca influência do mundo exterior. Nos hospedaremos em uma pousada bastante simples com quartos com duas camas e banheiro fora do quarto, porém com a típica hospitalidade georgiana.

4°Dia – Etseri – Mazeri (1558 metros) (C) 
Sete horas de caminhada. Subida acumulada - 1000 metros. Descida acumulada - 1000 metros. Distância percorrida - 15 quilômetros
Começamos o trekking com uma subida gradual de cinco quilômetros ganhando 1000 metros inicialmente por campos repletos de flores silvestres e conforme vamos ganhando altitude a trilha se torna um pouco mais íngreme até chegarmos no passo Baki a 2462 metros e de onde se tem a primeira visto do Monte Ushba (4710 metros) que dominara nosso horizonte nos próximos dias de caminhada. Após um bom descanso apreciando a linda vista das montanhas ao nosso redor começaremos a descida inicialmente caminhando pela crista por aproximadamente uma hora e depois perderemos altitude mais rapidamente caminhando por dentro de uma linda floresta de abetos e bétulas. A última parte da caminhada será seguindo uma pequena estrada até chegarmos no nosso hotel, Grand Hotel Ushba (https://www.grandhotelushba.com), uma aconchegante pousada com confortáveis quartos com banheiro privativo e deliciosa comida típica.

5°Dia – Mazeri – Glaciar do Mt. Ushba – Mazeri (C)
6 horas de caminhada. Subida acumulada – 1000 metros.Descida acumulada – 1000 metros. Distância percorrida – 15 quilômetros
Hoje faremos uma linda caminhada até o glaciar do Mt. Ushba passando pela mais alta cachoeira do país. Mt Ushba é a quinta montanha mais alta do país e a considerada mais perigosa para escalar. Sua forma é extremamente marcante com seus dois cumes com apenas 10 metros de diferença entre um e outro. Faremos os primeiros 5 quilômetros de carro e a partir daí seguiremos por dentro de uma densa floresta paralela ao rio de degelo da montanha que desce caudalosamente pelo vale. Após uma hora de caminhada ganhando pouca altitude a trilha se torna bem mais estreita e íngreme até chegarmos ao pé do glaciar de onde teremos vistas espetaculares do Mt Ushba e das outras montanhas desta que é a linha de divisa entre a Geórgia e a Rússia. Nossa caminhada de volta ao nosso hotel demorará ao redor de 3 horas. Hospedagem novamente em Mazeri no Grand Hotel Ushba.

6°Dia – Mazeri – Lenjeri (1600 metros) (C, J)
8 horas de caminhada. Subida acumulada – 1500 metros. Descida acumulada – 650 metros.Distância percorrida – 15 quilômetros
Hoje começaremos nossa caminhada bem cedo já que este é o dia mais duro de todo nosso trekking. Nossa caminhada segue inicialmente por uma pequena estrada de terra até chegarmos as ruinas do antigo vilarejo de Guli ganhando altitude gradualmente. Aí teremos a última oportunidade de pegar água para o restante do dia. A partir deste ponto a trilha se torna mais íngreme em uma série de zig-zags com vistas cada vez mais impressionantes dos dois cumes do Mt. Ushba e do vale de Mazeri. Após cinco horas de caminhada e oito quilômetros chegaremos ao lindíssimo Passo Guli com 2970 metros de altitude onde faremos um longo descanso para nosso picnic com uma das mais lindas vistas dos Cáucasos. Ao contrário da subida, nossa descida será bastante gradual com longos trechos de caminhada sem ganho ou perda de altitude. Após 3 horas de caminhada chegaremos a uma pequena estrada de terra com uma ampla vista do vale 700 metros abaixo e do vilarejo mais famoso da região, Mestia. Neste ponto nossos carros nos levarão ao pequeno vilarejo de Lenjeri onde nos hospedaremos em uma pousada com quartos com banheiro privativo. Todos os membros da família dona desta pousada são músicos dedicados a preservação da rica tradição musical desta região que data de mais de 3000 anos. Eles nos receberão com muitas histórias sobre esta região tão especial e com o vinho do qual este país é tão famoso.

7° Dia – Dia livre para conhecer Lenjeri e Mestia (C, J)
Estes são vilarejos habitados há séculos e dotados de várias torres que durante a idade média serviam como defesa contra invasões. Mestia também tem vários interessantes museus e inúmeros restaurantes. Apesar de ter uma pequena população, ao redor de 2000 habitantes, Mestia é bastante turística recebendo trekkers no verão e esquiadores no inverno.
No final da tarde voltaremos à nossa pousada e a tranquilidade de Lenjeri onde jantaremos e seremos brindados com um show de música e dança folclórica dos nossos anfitriões.
Café da manhã e jantar incluídos.

8° Dia – Lenjeri – Tsvirmi - Zhabeshi (1617 metros) (C, J)
Sete horas de caminhada. Subida acumulada – 400 metros. Descida acumulada – 1100 metros. Distância percorrida – 17 quilômetros
Hoje começaremos a segunda parte de nosso trekking, a caminhada de quatro dias de Mestia a Ushguli, o mais famoso trekking da Geórgia. Mas, ao contrário do roteiro tradicional que vai por baixo no vale, faremos nos primeiros dois dias um caminho diferente, muito menos trilhado que vai pela parte mais alta das montanhas com vistas muito mais bonitas.
Para evitar um dia muito cansativo, tomaremos dois ski lifts até a crista das montanhas cortando assim a maior parte da subida do dia e iniciando nossa caminhada a 2300 metros de altitude. Pela primeira hora de caminhada seguiremos uma pequena estradinha de terra até o topo de uma colina com vistas de 360 graus de toda a região. Apesar de ainda termos vistas do Mt. Ushba, a montanha que dominará nosso horizonte será, a partir daqui, o Mt Tetnuldi com 4858 metros, outra linda montanha da região. A partir deste ponto seguiremos por campos de flores silvestres perdendo gradualmente altitude até chegarmos ao pequeno e pouco visitado vilarejo de Tsvirmi a 1917 metros.
Após um bom descanso seguiremos para nosso destino do dia, o vilarejo de Zhabeshi descendo em algumas partes por lindas pradarias e outras seguindo a estrada.

9° Dia – Zhabeshi – Adishi – Bogreshi (1600 metros) (C, J)
Oito horas de caminhada. Subida acumulada – 950 metros.Descida acumulada – 950 metros. Distância percorrida –  21 quilômetros
Atravessando o pequeno vilarejo de Zhabeshi começaremos uma subida ininterrupta de 700 metros por dentro de uma floresta com vistas ocasionais do Mt. Ushba e do Mt. Tetnuldi até chegarmos a uma crista com amplas vistas da região. Seguiremos então por ao redor de três quilômetros contornando a montanha quase sem perder altitude. Atravessaremos dois deliciosos riachos de montanha onde podemos parar para um refrescante banho de rio. Até quase chegarmos a Adishi não avistaremos o vilarejo sendo que os últimos 300 metros são em um dos campos floridos mais bonitos do trekking.
Após descansar um pouco em Adishi e absorver a atmosfera do pequeno vilarejo caminharemos pela estrada plana por 10 quilômetros até nossa pousada no vilarejo de Bogreshi.
 
10° Dia – Bogreshi – Iprari (1900 metros) (C, J)
Seis horas de caminhada. Subida acumulada – 750 metros.Descida acumulada – 850 metros. Distância percorrida – 17,5 quilômetros
Hoje é um dos dias mais bonitos do trekking! Começaremos o dia com uma pequena viagem de carro de volta a Adishi onde começaremos a caminhada. A trilha segue ao lado do rio ganhando altitude muito gradualmente e com impressionantes vistas da cascata de gelo do Mt Tetnuldi. Após 6 quilômetros de caminhada atravessaremos o rio com cavalos já que a água pode ser um pouco profunda. A partir deste ponto começaremos a subir mais pronunciadamente até chegarmos no Passo Chkhunderi a 2650 metros de altitude. Começaremos então uma descida muito gradual por dois quilômetros seguida por uma descida mais pronunciada até o vale. Os últimos quilômetros do dia são ao lado de um caudaloso rio de degelo das montanhas atrás de nós. A cada dez passos pararemos para olhar para as impressionantes montanhas ao norte.
Nossa pousada hoje será uma das mais confortáveis do trek com vários quartos para duas pessoas e excelente comida.

11° Dia – Iprari – Ushguli (2100 metros) – Mestia (1500 metros) (C)
Quatro horas de caminhada. Subida acumulada – 600 metros. Descida acumulada – 400 metros. Distância percorrida – 13 quilômetros
Hoje, nosso último dia de trekking, será um dia razoavelmente fácil com menos subidas e descidas do que os outros dias e apenas 12 quilômetros de distância. A caminhada será, na maior parte, dentro da floresta bem acima do vale e com amplas vistas de toda a região. Chegaremos em Ushguli ao redor de uma da tarde onde almoçaremos em um café (não incluído). Teremos então algumas horas para explorar este vilarejo que é Patrimônio da Humanidade da UNESCO com as várias torres tendo como pano de fundo o Mt. Shkhara. No final da tarde voltaremos a Mestia em uma viagem de ao redor de 2 horas de duração.

12° Dia – Mestia – Tbilisi (C)
Viagem de aproximadamente 8 horas de volta a Tbilisi. Hospedagem em hotel

13° Dia – Tbilisi (C)
Dia livre para explorar um pouco mais a cidade ou fazer algum passeio nas proximidades. Recomendamos um tour de vinhos em Kakheti, a mais importante região produtora de vinhos na Geórgia. Afinal, acredita-se que o vinho nasceu neste país mais de 5000 anos atrás!!! Converse conosco para mais algumas sugestões de passeios neste dia.

14° Dia – Tbilisi (C)
Apresentação no aeroporto (traslado não incluído) para embarque em voo internacional.

Saídas voltar para o topo

  • DIÁRIAS

preços por pessoa |Somente terrestre voltar para o topo

Deslize a tabela para os lados para ver mais valores

Hospedagem Apartamento Duplo Single Triplo Chd1 Validade
Apto Standard € 3.500 10x € 350 11/06/2019 até 24/06/2019 solicitar reserva

FORMAS DE PAGAMENTO
- No Cheque: Em até 10 vezes iguais sem juros no cheque pré-datado. Não aceitamos cheques de terceiros ou de pessoa jurídica cujos proprietários não sejam os viajantes;
- No Cartão: Entrada de 20% (depósito ou cheque) + 9 parcelas iguais nos cartões Visa, Mastercard e Diners. O Cartão de crédito deverá ser do próprio passageiro ou de parente em primeiro grau, com o mesmo sobrenome;
- No Boleto Bancário: Em até 10 vezes iguais sem juros (1+9);
- Pagamento à vista (depósito ou cheque): 3% de desconto.

Entre em contato para ver Todas as opções de hospedagem

O que inclui voltar para o topo

 
INCLUÍDO:
Hospedagem por 13 noites em pousadas com café da manhã;
- Ingressos e passeios especificados;
- Transporte especificado no itinerário;
- Acompanhamento de guia da Morgado Expedições a partir de Tbilisi;
- Transporte de equipamento pessoal em cavalos;
- 06 jantares (sem bebidas).
 


NÃO INCLUÍDO:
- Passagem Aérea Internacional;
- Taxas de embarque; 
- Alimentação fora do trekking;
- Bebidas engarrafadas e sobremesas durante o trekking;
- Vistos ou gorjetas;
- Seguro Viagem - obrigatório;
- Tarifa para envio de documentação e brindes fora da cidade de São Paulo.
 
 
 
ATENÇÃO: A PARTIR DE 02/01/16 ENTROU EM VIGOR O NOVO IMPOSTO DE REMESSA PARA O EXTERIOR. ESTE IMPOSTO NÃO ESTÁ INCLUÍDO EM NOSSAS TARIFAS APRESENTADAS NESTE SITE, E O MESMO SERÁ INFORMADO SEPARADAMENTE. 
 
 


IMPORTANTE:
* Preços sujeitos a alterações sem aviso prévio. 
* Lugares sujeitos à disponibilidade 
* Caso o passageiro adquira por conta própria o seu bilhete aéreo, deverá informar à Freeway sobre todos os seus dados, inclusive acerca de suas eventuais alterações.  


PREÇO
Parte Terrestre: 3500 Euros por pessoa, para grupo mínimo de 08 passageiros em quarto duplo. 

Para grupos de 3 pessoas: 6000,00 por pessoa em quartos duplos
Para grupos de 4 pessoas: 4700,00 por pessoa em quartos duplos
Para grupos de 5 pessoas: 4500,00 por pessoa em quartos duplos
Para grupos de 6 pessoas: 4000,00 por pessoa em quartos duplos
Para grupos de 7 pessoas: 3800,00 por pessoa em quartos duplos

 
- Single Supplement Involuntário: 3
00 Euros por pessoa.
Conforme os clientes forem se inscrevendo na viagem serão feitos pares para a divisão de quartos. Caso, ao final do período de inscrição alguém fique sem par, esta pessoa terá de pagar um single supplement de 300 Euros.

- Single Supplement Voluntário: 
600 Euros por pessoa.
Caso a pessoa escolha ficar em quarto individual pagará o dobro do Single Suplement Involuntário, ou seja, 600 Euros já que por sua escolha outra pessoa do grupo também ficará em um quarto individual. 

 

OBSERVAÇÕES:
***RESERVAS***
Para iniciar as solicitações de reservas internacionais, é IMPRESCINDÍVEL informar os seguintes dados do passageiro: nome/sobrenome, número do passaporte válido, data de nascimento e nacionalidade. Sem estas informações não será possível dar andamento ao processo de reservas da parte terrestre. Após confirmação da parte aérea, será solicitado um sinal de US$ 200,00 por passageiro, para que se possa dar continuidade nas solicitação da parte terrestre. O saldo deverá ser pago imediatamente após a confirmação do pacote, para garantir a reserva. O valor de sinal pago será deduzido do pacote, quando a reserva for integralmente confirmada. Em caso de cancelamento ou alteração por parte do passageiro, não haverá devolução do sinal. Caso a reserva não seja confirmada, o sinal será reembolsado integralmente.

DOCUMENTAÇÃO PARA EMBARQUE - Passageiros Brasileiros
· Passaporte com validade mínima de 6 meses além da data do final da viagem. 
Brasileiros não necessitam visto para a Geórgia e não existe exigência de nenhuma vacina.
 


CONDIÇÕES GERAIS
* Documentação para embarque: para sua tranquilidade providencie a documentação com antecedência.
* Preços sujeitos a alterações sem aviso prévio.
* Alguns serviços possuem valor adicional nos feriados e nos dias 25/12 e 01/01 e alguns hotéis possuem políticas de mínimo de noites e ceia natal e ano novo obrigatóriaConsulte-nos!
* Verifique com o consultor se os valores divulgados tem restrições para o mínimos de participantes.
* Preços válidos para mínimo de 2 passageiros.
* A programação pode sofrer alterações devido a fatores climáticos, de acesso, ou outros que a operadora julgue poderem interferir na segurança ou bem estar dos viajantes.
* Não inclui taxa de embarque ou impostos.

CANCELAMENTOS E DEVOLUÇÕES

De acordo com as condições do contrato de prestação de serviço.

Dicas & Informações voltar para o topo

1- Como é o clima nesta viagem?
Tanto em setembro quanto em junho o clima é perfeito para trekking com temperaturas durante o dia entre 20 a 25 graus e a noite ao redor de 10 graus dependendo da altitude. Na capital, Tbilisi, a temperatura é ao redor de 28 graus.

2- Como serão nossos transportes?
Iremos de Tbilisi para a cidade de Zugdidi em um confortável trem em uma viagem de 5 horas e meia e de lá para o início de nosso trekking em uma van. Na viagem de volta será também van e trem.

Em Tbilisi caminharemos já que a parte interessante da cidade em termos turísticos é bastante pequena.

3- Como é nossa acomodação?
Em Tbilisi nos hospedaremos em um confortável hotel 4* e durante o trekking em pequenas pousadas, algumas bastante confortáveis e outras bem mais simples. Dependendo do tamanho do grupo usaremos apenas quartos para duas pessoas ou então, em algumas noites, quartos com até quatro camas normalmente com banheiros fora do quarto.

4- Que roupas e equipamentos devo usar?
Em nosso site você encontrará uma lista completa de equipamentos para este trekking. Por favor leia com atenção e traga tudo do Brasil já que a oferta de equipamentos de trekking no país é bastante limitada.

5- Como este trekking é classificado em termos de dificuldade?
Neste trekking não teremos nem altitude, nossa noite mais alta é a 2100 metros, nem frio, mas andaremos muitos quilômetros todos os dias, ao redor de 15 a 20, e teremos grandes desníveis de altitude subindo e descendo uma média de 1000 metros por dia.

6- Quanto dinheiro devo levar?
Durante o trekking todos os cafés da manhã e jantares estão incluídos em nossas pousadas de modo que gastaremos apenas com a compra de snacks para os almoços e os almoços e jantares nas cidades.

7- A Geórgia é um país seguro?
Sim, Tbilisi é bastante segura e durante o trekking violência é inexistente.

8- E quanto as doenças?
Não existe nenhum risco específico de doenças na Geórgia. Durante o trekking beberemos água dos inúmeros riachos, mas recomendamos purificar com pastilhas de cloro.

9- Os brasileiros necessitam visto para a Geórgia?
Não, a Geórgia não pede vistos para brasileiros.

10- Posso fazer ligações internacionais durante o trek ou ter acesso a internet?
Na chegada, no aeroporto, você pode comprar um chip local e com isso terá cobertura de internet durante quase todo o trekking. Todas as pousadas tem wi-fi gratuito.

11- Posso recarregar meus eletrônicos durante o trek?
Sim, todos os quartos tem tomadas com pino duplo redondo.

Entre em contato!

RESERVE OU TIRE SUAS DÚVIDAS - Ligue para 11 5088-0991 ou preencha o formulário abaixo: